segunda-feira, 4 de agosto de 2014

CROMOTERAPIA CIENTÍFICA - PARTE 09

BAÇO


O Baço produz, controla, armazena e destrói células sanguíneas. Trata-se de um órgão esponjoso, macio e de cor púrpura, quase do tamanho de um punho e localizado na região superior esquerda da cavidade abdominal. O baço funciona como dois órgãos. A polpa branca faz parte do sistema de defesa e a polpa vermelha remove os materiais inúteis do sangue.
Certos leucócitos (linfócitos) produzem anticorpos protetores e tem um papel importante no combate às infecções. Os linfócitos são produzidos e amadurecem na polpa branca. A polpa vermelha contém outros leucócitos (fagócitos) que ingerem o material indesejado (por exemplo bactérias ou células defeituosas) do sangue circulante. A polpa vermelha também serve como depósito de elementos do sangue, especialmente de leucócitos e plaquetas (partículas semelhantes a células e que estão envolvidas no processo de coagulação). 
Quando o baço aumenta de tamanho (esplenomegalia), a sua capacidade de reter e armazenar células sanguíneas aumenta podendo reduzir o número de eritrócitos, de leucócitos e de plaquetas circulantes.
Muitas doenças podem causar o aumento do baço:



Obturação : Azul durante 40 segundos
SNP :    Azul durante 30 segundos
SNC :   Verde durante 30 segundos
              Azul durante 30 segundos
              Rosa durante 30 segundos
Ao redor da cabeça : Azul durante 10 segundos
Chákra Frontal : Azul durante 15 segundos
Chákra Básico : Amarelo durante 30 segundos
                             Laranja durante 30 segundos
Fígado : Índigo durante 30 segundos, sendo a aplicação feita pelas costas, com o fonte luminosa a uma distância máxima de 10 centímetros.
Chákra do Plexo Solar : Laranja durante 30 segundos
Chákra Esplênico :         Amarelo durante 180 segundos
                                           Laranja durante 180 segundos
Chákra Coronário : Verde durante 30 segundos

 

BEXIGA


A urina formada nos rins flui através dos ureteres até a bexiga, mas ela não flui passivamente como água através de um cano. Os ureteres são tubos musculares que empurram cada pequena quantidade de urina através de ondas de contração. Na bexiga, o ureter passa através de um esfíncter, uma estrutura muscular circular que abre e permite a passagem da urina e em seguida, fecha hermeticamente. À medida que a urina chega regularmente de cada ureter, ela vai se acumulando na bexiga, que, por ser expansível, aumenta gradualmente de tamanho para acomodar o volume crescente de urina. Quando finalmente enche, estímulos nervosos são enviados ao cérebro, transmitindo a necessidade de urinar. 
As infecções da bexiga habitualmente causam um desejo frequente e urgente de urinar, uma sensação de queimação ou dor durante a micção. Normalmente a dor é localizada acima da pube e, frequentemente, na região lombar. A micção noturna frequente é um outro sintoma. As infecções assintomáticas da bexiga são particularmente comuns em pessoas idosas

Obturação : Azul durante 40 segundos
SNP :    Azul durante 30 segundos
SNC :   Verde durante 30 segundos
              Azul durante 30 segundos
              Rosa durante 30 segundos
Ao redor da cabeça : Azul durante 10 segundos
Chákra Frontal : Azul durante 15 segundos
Chákra Básico : Amarelo durante 30 segundos
Região Lombar da Coluna :         Azul durante 120 segundos
                                                         Amarelo durante 120 segundos
Chákra Cardíaco :          Violeta durante 30 segundos
                                           Azul durante 30 segundos
Chákra Esplênico : Laranja durante 30 segundos
 Chákra Coronário : Verde durante 30 segundos


BILE

A bile é um fluido produzido pelo fígado que se armazena na vesícula biliar. Ela atua na digestão de gorduras e na absorção de substâncias nutritivas da dieta ao passarem pelo intestino.
Excretada pelo fígado, segue pelos ductos biliares, passa à vesícula, indo ao intestino, onde emulsiona as gorduras; sua coloração geralmente é amarela, apresentando tonalidade esverdeada.
A produção excessiva de bílis está relacionada com a destruição de glóbulos vermelhos do sangue que são usados pelo fígado para este fim. O fígado produz aproximadamente metade do colesterol do organismo e cerca de 80% deste colesterol sintetizado pelo fígado é utilizado na produção da bile.
Especificamente, a bile é responsável pelas seguintes ações:
►Os sais biliares aumentam a solubilidade do colesterol, das gorduras e das vitaminas lipossolúveis para ajudar na sua absorção.
►Os sais biliares estimulam a secreção de água pelo intestino grosso para ajudar no avanço do conteúdo intestinal
►Algumas drogas e outros produtos são excretados na bile e, posteriormente são eliminados do organismo.

Obturação : Azul durante 40 segundos
SNP :    Azul durante 30 segundos
SNC :   Verde durante 30 segundos
              Azul durante 30 segundos
              Rosa durante 30 segundos
Ao redor da cabeça : Azul durante 10 segundos
Chákra Frontal : Azul durante 40 segundos
Chákra Umbilical :         Amarelo durante 30 segundos
                                           Laranja durante 120 segundos

Ambas as cores aplicadas com a fonte luminosa a uma distância máxima
de 10 centímetros, em movimento circular e anti-horário

Chákra Coronário : Verde durante 30 segundos


BICHO DE PÉ   


Verme que provoca ulceração da pele, uma espécie de pulga, Tunga Penetrans, que parasita o corpo humano, principalmente os pés.
Esta pulga está inserida no grupo de pulgas que penetram no hospedeiro, sendo a menor pulga conhecida ( o inseto adulto mede 1 mm de comprimento ) e tem preferência por viver em terreno arenoso não encharcado, com pouca iluminação e ventilação.
As picadas destes insetos podem ser irritantes por causa dos componentes de sua saliva, causando várias reações que vão desde pequenas proeminências até grandes úlceras com edema e dor.   Após a remoção do parasita da pele do hospedeiro aplicar:

Obturação : Azul durante 40 segundos
SNP :    Azul durante 30 segundos
SNC :   Verde durante 30 segundos
              Azul durante 30 segundos
              Rosa durante 30 segundos
Ao redor da cabeça : Azul durante 10 segundos
Chákra Frontal : Azul durante 15 segundos
Local : Verde durante 30 segundos
 Vermelho durante 60 segundos 
 Azul durante 30 segundos

Após a terceira aplicação alterar para: 

                            Verde durante 30 segundos
                            Violeta durante 30 segundos
                            Azul durante 30 segundos

Chákra Coronário : Verde durante 30 segundos

Neste tratamento é necessário continuar com as aplicações por mais três dias após a saída do verme.


 BICO DE PAPAGAIO

Formações pontiagudas (osteofitos) que aparecem nos bordos das vértebras da coluna, causando forte dor.
Ao longo do processo de evolução o homem adquiriu a postura ereta e, devido à ação da gravidade surgiram algumas complicações desta postura, entre elas o aparecimento de osteofitos.
O osteofito é o crescimento excessivo do osso saudável nas vértebras, tendo um papel importante na proteção contra forças compressivas que excedem a capacidade de resistência do osso.
Existem dois tipos de osteofitos marginais: um consiste na proteção para o espaço articular e o outro no desenvolvimento das inserções capsulares das extremidades das articulações. Em amos os casos, o crescimento do osteofito segue as linhas das forças mecânicas que incidem sobre a área de crescimento dando origem aos bicos de papagaio.
Estudos indicam a incidência maior dos osteofitos nas mulheres e com incidência maior na região lombar.

Obturação: Azul durante 40 segundos
SNP:     Azul durante 30 segundos
SNC:    Verde durante 30 segundos
              Azul durante 30 segundos
              Rosa durante 30 segundos
Ao redor da cabeça: Azul durante 10 segundos
Chákra Frontal: Azul durante 15 segundos
Coluna: Verde durante 60 segundos
              Azul durante 60 segundos
              Amarelo durante 60 segundos
              Laranja durante 60 segundos

Iniciar a aplicação pelo chákra básico, subindo até a região cervical, descendo a seguir, parando por 10 segundos nos locais da dor.

Chákra coronário: Verde durante 30 segundos

 

 

BRONQUITE


Inflamação dos brônquios pulmonares, determinando o inchaço das paredes dos brônquios, contração de sua musculatura e aumento da secreção de suas células, o que leva ao aparecimento de catarro.
A bronquite infecciosa pode ser causada por vírus, bactérias e especialmente por microrganismos semelhantes às bactérias, como o Mycoplasma pneumoniae e a Chlamydia. Os tabagistas e os indivíduos que apresentam doenças crônicas pulmonares ou das vias aéreas podem apresentar crises repetidas. As infecções recorrentes podem advir da sinusite crônica, da bronquiectasia, de alergias e, nas crianças, da inflamação das tonsilas (amígdalas) e das adenoides.
A bronquite irritativa pode ser causada por diversos tipos de pós, vapores, alguns solventes, fumaça de tabaco e outras.
Geralmente o surgimento da tosse indica o começo da bronquite, seca no início e com expectoração de pequenas quantidades de escarro após um ou dois dias. 

Obturação : Azul durante 40 segundos
SNP :    Azul durante 30 segundos
SNC :   Verde durante 30 segundos
              Azul durante 30 segundos
              Rosa durante 30 segundos
Ao redor da cabeça : Azul durante 10 segundos
Chákra Frontal : Azul durante 15 segundos
Chákra do Plexo Solar : Índigo durante 30 segundos
                         
Laranja durante 30 segundos
Sobre os pulmões :
Amarelo durante 30 segundos
                         
Azul durante 30 segundos
Chákra Laríngeo :
Verde durante 30 segundos
                         
Violeta durante 30 segundos
                         
Azul durante 30 segundos
Chákra Coronário : Verde durante 30 segundos


BURSITE 


A bursite é a inflamação dolorosa de uma bursa (um saco plano que contém líquido sinovial que facilita a movimentação normal de algumas articulações e músculos e reduz o atrito). 
As bursas estão localizadas em locais de atrito, especialmente onde os tendões ou músculos passam sobre os ossos. Normalmente tem pequena quantidade de líquido mas, quando lesadas, podem inflamar e encher-se de líquido, causando dor e tendendo a limitar os movimentos.
As causas da bursite incluem o uso excessivo crônico da articulação, lesões, gota, artrite reumatoide ou infecções.
A bursite aguda ocorre subitamente e a área inflamada fica dolorida ao ser movida ou tocada. 
A pele sobre as bursas localizadas próximas das superfícies pode tornar-se vermelha e edemaciada.
Na recorrência das inflamações as paredes da bursa tornam-se espessas e pode ocorrer acúmulo de material anormal, com depósitos sólidos de cálcio com aspecto de giz em seu interior. Os episódios de bursite crônica podem durar alguns dias ou até várias semanas e sua recorrência é frequente.

Obturação : Azul durante 40 segundos
SNP :    Azul durante 30 segundos
SNC :   Verde durante 30 segundos
              Azul durante 30 segundos
              Rosa durante 30 segundos
Ao redor da cabeça : Azul durante 10 segundos
Chákra Frontal : Azul durante 15 segundos
Local Afetado : Azul durante 30 segundos
                            Vermelho durante 30 segundos
Articulações : Amarelo durante 30 segundos
Chákra Coronário : Verde durante 30 segundos


Professor Orosco


Postar um comentário