terça-feira, 16 de outubro de 2012

Orgulho de Ser Latino-Americano

 

Mesmo reconhecendo o primitivismo naturalista das culturas Incas e Aztecas, mas, contrapondo-me ao humor desmedido e satírico do filósofo italiano Enzo Paci em sua critica aos trabalhos de nosso querido Vicente Ferreira da Silva e do desabrochar da filosofia Latino-Americana, somos impelidos a fazer reconhecer-se a enorme capacidade criativa e gerencial que estes povos demonstraram ao construir cidades, valendo-se das forças vitais do Sol, do vento, da chuva, do som e da terra para edificar civilizações milenares, cujas ruínas ainda fascinam nossos espíritos.

Professor Orosco
Postar um comentário