quarta-feira, 9 de novembro de 2016

OUÇAM O SOM DOS TROVÕES

Neste momento particular da história mundial, onde a maioria das pessoas assiste com certa perplexidade a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos, o que para mim sempre foi uma possibilidade real, lembro as palavras de Abbé Poncelet. 

 "Ao escrever sobre o trovão, minha principal intenção sempre foi minorar, quanto possível, as impressões desagradáveis que esse meteoro costuma causar em inúmeras pessoas de qualquer idade, sexo e condição. Quantas não passaram dias de agitação violenta e noites de angústia mortal?"

Ao falar sobre o medo do trovão, Poncelet procura mostrar que esse medo é infundado. 

 "Quando o trovão reboa, o perigo já passou. Só o raio pode matar." 

Estamos ouvindo o reboar dos trovões, mas as causas que os provocaram, nós continuamos desejando ignorar. A maior delas, a mentira contumaz que corroí as relações entre os homens.

Professor Orosco.
Postar um comentário